A Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) teve conhecimento da decisão do Município da Nazaré de, através da  empresa municipal Nazaré Qualifica, dispensar quatro técnicos qualificados na área de Biblioteca e Documentação (1 Técnico Superior e 3 Assistentes Técnicos).

DGLAB

Esta infraestrutura cultural teve um custo total estimado de 1.5 milhões de Euros, e a sua concepção e desenvolvimento tiveram em linha de conta o  prosseguimento da política integrada de desenvolvimento da leitura pública que vem sendo impulsionada, desde os anos 80, pelo programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas (RNBP); este programa concede apoio técnico e financeiro aos municípios para a construção ou modernização de edifícios de bibliotecas, incluindo a sua dotação em equipamentos, fundos bibliográficos e um corpo de colaboradores qualificado na área técnica de Biblioteca e Documentação.

Num momento da conjuntura nacional em que diariamente os cidadãos assistem a uma redução do investimento público na área cultural, e atendendo aos serviços prestados à população pela Biblioteca Municipal da Nazaré, importa garantir que o Município da Nazaré mantém os seus compromissos para com os munícipes e gere de forma correcta e coerente o equipamento cultural de proximidade que, ao longo dos últimos cinco anos, tem vindo a colocar à disposição da população – considerando as suas bibliotecas como agentes decisivos na execução de políticas activas de promoção da aprendizagem ao longo da vida, no contacto com o livro, na promoção da leitura, no acesso à informação, à cultura e ao lazer e no combate à iliteracia digital e à exclusão.

A BAD considera também que a forma como os trabalhadores foram informados desta decisão, por uma simples folha, com vista à dispensa de todos os técnicos da área de Biblioteca e Documentação, penaliza seriamente a correcta gestão da Biblioteca Municipal, comprometendo também as perspectivas de futuro deste serviço público de cultura e cidadania.

De igual modo, a BAD demonstra séria preocupação pelo precedente que esta situação representa, pela quebra das implicações legais decorrentes da assinatura do Contrato-Programa celebrado entre o Estado Português e o Município da Nazaré, estando em causa o destino que este equipamento irá ter no futuro.

O Conselho Directivo Nacional da BAD, face à gravidade dos acontecimentos, acompanhará de perto e com a maior atenção as consequências das decisões agora tomadas, tendo já solicitado ao Senhor Presidente da Câmara Municipal da Nazaré a marcação de uma reunião, com o objectivo de tomar conhecimento e melhor acompanhar este processo.

Similar Posts