Gerir conhecimentos, habilidades e competências necessárias para a navegação segura no ecossistema da informação pode ser desafiante para muitos estudantes do ensino superior. Os bibliotecários, particularmente aqueles que interagem diretamente com estes jovens, devem estar preparados para fornecer orientações que os capacitem para uma pesquisa e descoberta da informação significativa e confiável. É este o principal foco do Projeto Literacia da Informação e pensamento crítico no Ensino Superior: combater a desinformação. É no âmbito destes objetivos que a equipa responsável tem realizado ações de divulgação em torno deste tema.

Assim, no passado dia 23 de junho, o projeto foi apresentado no ICDF22 – International Congress on Disinformation and Fact-Checking, um congresso internacional que decorre de um Projeto de Cooperação Europeia sobre Desinformação e Formação em Verificação de Factos.

Também este verão, a equipa executiva do Projeto apresentou a comunicação “Capacitação de bibliotecários académicos: Estratégias e ações de um projeto de literacia da informação contra a desinformação” ao 2º Congresso internacional de Literacia do Século 21, em Santarém, nos dias 7 e 8 de julho.

Tal como neste evento se pretende mobilizar profissionais para capacitar os atuais e futuros profissionais dos média e da educação mediática, os professores e educadores, os profissionais da informação e outros stakeholders, para identificar, prevenir e combater notícias falsas espalhadas pelas redes digitais, também no projeto da BAD se procura capacitar profissionais em estratégias formativas e práticas pedagógicas, no que diz respeito à intervenção da Literacia da Informação no combate à desinformação entre os estudantes.

Estamos cientes de que a implementação de estratégias pedagógicas neste âmbito ainda não é uniforme e abrangente em todo o território nacional. Por isso, as ações de disseminação em diversos pontos do país são uma aposta deste projeto. É necessário que os profissionais das bibliotecas do Ensino Superior se posicionem para apoiar os processos de pesquisa de informação baseados em pensamento crítico, implementando novas práticas através das ferramentas agora disponíveis, que procuram apoiar o crescimento e a partilha de conhecimento neste âmbito. Com base nos referenciais da ACRL e nas recomendações da IFLA, sobre a Literacia da Informação e sobre o combate à desinformação, foram desenvolvidos novos materiais pedagógicos, em português! Os bibliotecários podem agora contar com seis brochuras especialmente concebidas para apoiar a formação, para explorar aqui: https://bad.pt/formacao/projetos/combater_desinformacao/

Partilhe, utilize e fomente a sua disseminação!

Tatiana Sanches, Carlos Lopes, Maria da Luz Antunes

Similar Posts