Meia centena de organizações representativas de todo o espectro da atividade cultural juntaram-se em defesa de uma política para a Cultura.

Em junho levam a cabo por todo o país iniciativas públicas de protesto e informação ao público, como espetáculos, intervenções públicas, desfiles e debates – a começar por Lisboa, Coimbra, Almada e Évora.

A BAD subscreveu o Manifesto em defesa da Cultura e integra esta campanha porque é tempo de protesto e de recusa. Tempo de mobilização de toda a inteligência, de toda a criatividade, de toda a liberdade, de toda a cólera contra uma política que chama “austeridade” à imposição de um brutal retrocesso histórico. Manifestamo-nos em defesa da Cultura. E agiremos em conformidade.

A BAD apela à participação nestas ações de rua e em especial à integração no desfile que se irá realizar em Lisboa a 9 de junho, com concentração na praça Camões, às 18h00, seguindo para o Cais das Colunas, onde, às 19h30, será lido um comunicado conjunto e realizado um ato artístico simbólico.

Para mais informação veja http://emdefesadacultura.blogspot.pt

Similar Posts