A Fundação Mário Soares e Maria Barroso organiza amanhã 6 de abril, pelas 16h00, online, uma sessão de reflexão sobre os arquivos de comunidade, com destaque para a intervenção de Magdalena Wiśniewska-Drewniak sobre o tema “Memory, identity, activity – community archives in Poland”.

A sessão contará com o comentário de Ana Margarida Dias da Silva, assinalando o contexto dos arquivos de comunidade em Portugal, e com a moderação de Paula Meireles, vice-presidente do Conselho Nacional da BAD e Coordenadora do Grupo de Gestão Documental e Arquivo da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Destinada a profissionais e estudantes de informação e documentação, a sessão terá transmissão em streaming através da plataforma zoom para aceder disponibilizamos aqui o link de acesso: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/89283089032

Magdalena Wiśniewska-Drewniak


I am a researcher from Poland and I specialize in archival studies and records management. My research interests are, among others, community archives, archival research methodology, and new trends in archival science. Feel free to explore the content of the website and to get in touch!

Ana Margarida Dias da Silva

Tem trabalhado em arquivos públicos e privados. É técnica superior no Arquivo do Departamento das Ciências da Vida da Universidade de Coimbra. Aluna do doutoramento em Ciência da Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, mestre em Ciência da Informação e Documentação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2013) e mestre em História Contemporânea pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (2014). A sua dissertação de mestrado O uso da Internet e da Web 2.0 na difusão e acesso à informação arquivística: o caso dos arquivos municipais portugueses venceu o 1º Prémio Olga Gallego de Investigación en Archivos (2015).

Paula Meireles

Mestre em Ciências da Informação e da Documentação – Arquivo, pela NOVA FCSH (2009), licenciada em Ciências da Comunicação (1994). Coordenadora do Grupo de Gestão Documental e Arquivo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Assumiu a coordenação técnica de diversos projetos de tratamento, organização e disponibilização de acervos documentais, enquanto investigadora do Instituto de História Contemporânea da NOVA FCSH (2003-2020). Integra atualmente, enquanto investigadora integrada, o pólo História, Territórios e Comunidades da NOVA FCSH.

Similar Posts