Beatriz Ferreira

BAD (is not bad!!! ☺️) representa uma oportunidade de crescer, tanto a nível profissional como pessoal! .

Beatriz Ferreira

Há quanto tempo é associada da BAD?
Embora tenha tido contacto com as iniciativas da BAD ainda enquanto estudante de licenciatura, foi a partir de fevereiro de 2022 que me tornei associada, pelo que é ainda uma “relação” recente. 

Em três adjetivos, como tem sido esta “relação “?
Enriquecedora; vantajosa; educativa. 

Numa frase, como convenceria alguém a associar-se à BAD?
BAD (is not bad!!! ☺️) representa uma oportunidade de crescer, tanto a nível profissional como pessoal! 

Como associada, o que a BAD ainda não tem para lhe oferecer? 
Confesso que é uma pergunta difícil! Talvez a promoção de eventos relacionados com a profissão e a empregabilidade, como feiras de emprego e ações junto das instituições de ensino, de forma a estabelecer uma relação mais estreita com os futuros profissionais e dar visibilidade às oportunidades que existem na área. 

Que mensagem gostaria de deixar aos novos profissionais relativamente ao associativismo?
A partilha de experiências e de conhecimento permite o desenvolvimento de competências. Numa área à qual não é dado o devido reconhecimento, a existência de uma associação forte, composta por pessoas unidas, é o alicerce para a valorização da profissão e da área.

Nota Biográfica

Beatriz Ferreira, é natural de Castelo Branco, conclui a licenciatura (2017) e o mestrado (2020) em Ciência da Informação, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, frequentando, atualmente, o doutoramento, na mesma área e na mesma instituição.
Tem vindo a construir o seu percurso profissional na área das Bibliotecas de Ensino Superior, por estas assumirem um papel de destaque no seio das suas comunidades académicas.
Atualmente exerce funções na Biblioteca e Gestão da Informação da Universidade Católica Portuguesa, no centro regional do Porto.

Similar Posts