A Inteligência Artificial (IA) é uma tendência na área da Informação que os Profissionais da Informação já não podem ignorar.

A passos largos, as tecnologias baseadas na Inteligência Artificial estão a desenvolver máquinas e programas inteligentes que funcionam e reagem como os humanos. Os desenvolvimentos de IA dependem de aprendizagem das máquinas  e do processamento de linguagem natural que ajuda os computadores a realizar tarefas específicas, processando grandes quantidades de dados para ajudar o sistema a reconhecer padrões, inserir dados para gerar previsões e dados de feedback para melhorar a sua precisão ao longo do tempo.

O GTAM (Grupo de Trabalho dos Arquivos Municipais), da BAD, dinamizou no dia 1 junho de 2022, uma sessão intitulada Inteligência Artificial aplicada à Gestão Documental: O caso do Município de Abrantes, em que se deu a conhecer uma experiência concreta de aplicação da Inteligência Artificial na Gestão Documental, em particular na atribuição da classificação. Colocaram-se questões sobre a aferição do contributo da inteligência artificial numa matéria sensível para a gestão de documentos, como é a classificação; sobre a compreensão e a viabilidade desta abordagem e o impacto ao nível das margens de erro nesta tarefa. Pode ver aqui o vídeo da sessão.

A IFLA, através da Secção de Tecnologia (IT Section), tem desenvolvido programas e iniciativas no âmbito da Tecnologia da Informação, com apresentação de casos de boas práticas profissionais. Foi criado, recentemente, o Grupo de Interesse Especial em Inteligência Artificial (IFLA Artificial Intelligence Special Interest Group – AI SIG) porque constataram que a IA é uma área de crescimento global nos serviços das unidades de informação e na profissão.

A IFLA publicou recentemente o documento 2020 IFLA Statement on Libraries and AI, referindo boas práticas em bibliotecas, na introdução da IA, em variadas tarefas e serviços, recomendando e apresentando considerações para a sua utilização.

O Grupo AI SIG, já referido, que está a iniciar a sua atividade, pretende realizar sessões abertas presenciais e eventos virtuais, com variados especialistas, sobre o desenvolvimento da IA, debatendo questões de ética, de privacidade, etc., e desenvolver ferramentas para aumentar a IA e as habilidades e as competências em literacia algorítmica, reunindo as melhores práticas a nível global, como exemplos de excelência na implementação da IA,  no campo das bibliotecas, arquivos e unidades de informação.

Brevemente, no 2022 WLIC Satellite Meeting, em Galway – Irlanda, decorrerá uma reunião satélite com workshops, apresentações e fóruns de discussão.
Para saber mais, consultar: Trends and Issues in Library Technologies (IFLA IT Section Facebook Group)

#profissão

Luísa Alvim
Vogal Profissão do Conselho Nacional da BAD

Similar Posts